(placeholder)

Filmes - Grande Guerra

Filme baseado no livro intitulado Patrol de Phillip MacDonald. Dirigido por John Ford, em 1934, teve como título “The Lost Patrol” (A Patrulha Perdida). No elenco conta ainda com a presença de Boris Karloff e Wallace Ford. O tema musical é da autoria de Max Steiner. Teve uma nomeação para Óscar em 1935 pela melhor música.


É a história de um sargento (Victor McLaglen) do Exército britânico que assume o comando do seu pelotão após o oficial ser morto. O pelotão encontra-se isolado no deserto na Mesopotâmia durante a Grande Guerra e progressivamente, um após outro todos os soldados vão sendo mortos pelos árabes.


Dirigido por John Ford, com título original “Seas Beneath”, “Mar Abaixo”, em 1932, contou no seu elenco com George O'Brien, Marion Lessing, Mona Maris. Musica de Peter Brunelli.


O enredo passa-se durante a Grande Guerra um navio mistério americano dirigiu-se para a águas espanholas em perseguição de um submarino alemão. A sua missão era afundar o submarino que andava a atacar navios mercantes aliados a partir de águas neutras espanholas. O submarino utilizava as Ilhas Canárias para reabastecimento.

A Patrulha Perdida

Seas Beneath

The Lost Squadron

Dirigido por George Archainbaud, com o título original "The Lost Squadron", em 1932, contou no seu elenco com Richard Dix, Robert Armstrong e Joel McCrea. Música de Max Steiner.

Baseado na vida real de um aviador que se dedicou ao cinema (Hollywood) após o fim da Grande Guerra e retrata a decadência pessoal e o seu drama amoroso.

The Lighthorsemen

Dirigido por Simon Wincer, com o título original “The Lighthorsemen”, em 1987, contou no seu elenco com Peter Phelps, Nick Waters, John Larking e John Heywood. Música de Mário Millo.


É um filme australiano sobre a intervenção na Grande Guerra. Tem por base a história de uma unidade de cavalaria ligeira que combateu na Batalha de Beersheeba, no Sinai e na Palestina, em 1917.

João Ratão

Dirigido por Jorge Brum do Canto, com título original “João Ratão: O Soldado Portugês que foi à Guerra”, em 1940, contou no seu elenco com Óscar de Lemos, Maria Domingos, António silva, Manuel Santos Carvalho, Teresa Casal e Costinha.


Conta a história do regresso de combatente português do Corpo Expedicionário Português a França. João Ratão principal protagonista tinha deixado na sua aldeia uma noiva com quem trocou durante a guerra cartas de amor. Finalmente quando regressa a casa, é recebido com uma grande festa, apenas perturbada pelas histórias que chegam de França que ameaçam o seu noivado.

No Amor e na Guerra

Dirigido por Richard Attenboroug, com título original “In Love and War”, em 1997, contou no seu elenco com Sandra Bulllock, Chris O'Donnell, Mackenzie Astin e Emilio Bonucci. Música de George Fenton.


É a história de amor entre um soldado e uma Dama enfermeira, na frente italiana. O enredo é baseado na vida de Ernest Hemingway.


Gallipoli

Dirigido por Peter Weir, com título original “Gallipoli”, em 1981, contou no seu elenco com Mel Gibson e Mark Lee. Música de Brian May.


É a história de dois jovens australianos de uma zona rural que se alistam na força expedicionária australiana e são enviados para a frente de combate de Gallipoli, na Turquia durante a Grande Guerra.

A Grande Guerra

Dirigido por Mário Monicelli, com título original “La Grande Guerra”, em 1959, contou no seu elenco com Alberto Sordi, Vittorio Gassman e Silvana Mangano. Música de Nino Rota.


Itália, 1916. Tal como todos os jovens italianos, Oreste Jacovacci e Giovanni Busacca são chamados para servir no exército durante a Grande Guerra. Ambos tentam tudo para fugir à recruta e à guerra, mas acabam mesmo por ir lá parar.


Beneath Hill 60

Dirigido por Jeremy Hartley Sims, com título original “eneath Hill 60”, em 2010, contou no seu elenco com Brendan Cowell, Gyton Grantley, Aden Young e Bella Heathcote. Música de Cezary Skubiszewski.  


É a história de uma companhia de engenharia australiana, construtores de túneis que são enviados para a zona de Ypes (Frandres) durante a Grande Guerra.

Marchar ou Morrer

Dirigido por Dick Richards, com título original “March or Die”, em 1997, contou no elenco com Gene Hackman, Terence Hill, Catherine Deneuve e Max von Sydow. Música de Maurice Jarre.


Retrata a acção um grupo de legionários de soldados da Legião Estrangeira Francesa, logo após terminar a Grande Guerra. Estes legionários são enviados a Marrocos para acompanharem uma expedição arqueológica, numa zona controlada por árabes nacionalistas revoltosos.

A Grande Ilusão

Dirigido por Jean Renoir, com título original “La Grande Illusion”, em 1937, contou no elenco com Jean Gabin, Dita Parlo, Pierre Fresnay e Erich von Stroheim. Música de Joseph Kosma.


Retrata a história de dois franceses que foram capturados e aprisionados num campo de prisioneiros alemão. Tentam várias fugas até que são enviados para uma fortaleza de onde era impossível fugir.


Quando se tem 20 anos

Dirigido por Martin Ritt, com título original “Hemingway's Adventures of a Young Man”, em 1962, contou no elenco com Arthur Kennedy, Dan Dailey, Diane Baker, Eli Wallach, Fred Clark, Jessica Tandy e Paul Newman. Música de Franz Waxman.


Retrata a história de um jovem aventureiro que queria conhecer o mundo. Pelo caminho encontra várias pessoas e acaba por se alistar no exército italiano para lutar contra os alemães.

A Caminho da Glória

Dirigido por Howard Wawks, com título original “The Road to Glory”, em 1936, contou no elenco com Fredric March, Warner Baxter, Lionel Barrymore e June Lang.


Retrata a vida nas trincheiras em França durante a Grande Guerra.


O Batalhão Perdido

Dirigido por Russell Mulcahy, com título original “The Lost Battalion”, em 2001, contou no elenco com Rick Shroder e Michael Brandon. Música de Richard Marvin.


Retrata a história verídica do um Batalhão americano que ficou cercado por forças alemãs na floresta de Argonne, durante a ofensiva sobre o sector Meuse-Argonne em Outubro de 1918.  


Adeus às Armas

Dirigido por Charles Vidor, com título original “A Farewell to Arms”, em 1957, contou no elenco com Rock Hudson, Jennifer Jones e Vittorio de Sica.


Retrata a história de um motorista de ambulâncias que em 1917 se alista no exército italiano e é ferido em acção, no hospital acaba por conhecer uma enfermeira por quem se apaixona.

Mata Hari

Dirigido por George Fitzmaurice, com título original “Mata Hari”, em 1931, contou no elenco com Greta Garbo, Ramon Novarro e Lewis Stone.


Retrata a história da espia alemã Mata Hari que se faz passar por bailarina, com o intuito de vir a obter documentos secretos sobre as tropas russas.

Horizontes de Glória

Dirigido por Stanley Kubrick, com título original “Paths of Glory”, em 1957, contou no elenco com Kirk Douglas, Ralph Meeker, Adolphe Menjou, George Macready e Wayne Morris.


Retrata as consequências da ordem de um ataque suicida contra os alemães dada por um General francês durante a Grande Guerra e como para abafar a situação e desculpabilizar-se ele escolhe três soldados como bodes-expiatórios e condena-os à morte.

Passchendaele

Dirigido por Paul Gross, com título original “Passchendaele”, em 2008, contou no elenco com Paul Gross, Caroline Dhavernas, Gil Bellows, Joe Dinicol e Jim Mezon. Música de Jan A.P. Kaczmarek.


Retrata as  experiencias de combate de um soldado canadiano na Batalha de Passchendaele, em 1917, também conhecida como a 3ª Batalha de Ypres.


My Boy Jack

Dirigido por Brian Kirk, com título original “My Boy Jack”, em 2008 contou no elenco com Denise Crosby (Henry Potter), Fred Gwynne e Dale Midkiff.


É uma adaptação da peça de teatro homónima de David Haig, que conta a história real de Rudyard Kipling e da busca desesperada da sua família pelo filho, Jack, que faleceu numa batalha durante a Grande Guerra.


Dirigido por Jean-Jacques, com tÌtulo original “La victoire en chantant", em 1976 contou no elenco com Jean Carnet, Jacques Dufilho e Catherine Rouvel.


Retrata um história nos confins dos Camarões, onde franceses e alemães viviam em perfeita harmonia até ao dia em que chegou a notícia que estavam em guerra.


La Victoria en Chantant

The Trench

Dirigido por William Boyd, com título original “The Trench", em 1999 contou no elenco com Paul Nicholl, James D’Arcy, Daniel Craig e Ben Whishaw.


A história passa-se em 1916 e apresenta a vida nas trincheiras nas 36 horas anteriores antes da Batalha do Somme.


Behind the Lines

Dirigido por Gillies McKinnon, com tÌtulo original “Regeneration", em 1997 contou no elenco com Jonathan Pryce, James Wilby e Jonny Lee Miler.


A história conta a vida de um soldado num asilo por problemas emocionais.


A Oeste nada de novo

Dirigido por Lewis Milestone, com tÌtulo original “All Quiet on the Western Front", em 1930, contou no elenco com Richard Alexander, Ben Alexander e Lew Ayres.


A história retrata a vida de um jovem que se alista voluntariamente no Exército alemão durante a Grande Guerra. Com o tempo apercebem-se que nada de heroico existe na guerra.


Para cima

Ali e Nino

Dirigido por Asif Kapadia, com tÌtulo original “Ali & Nino", em 2016, contou no elenco com Adam Bakri, María Valverde e Mandy Patinkin.


Azerbeijão, 1918: apesar de ele ser muçulmano e ela ser cristã, Ali (Adam Bakri) e Nino (María Valverde) vão contra a vontade dos pais e casam-se. Ao início, parece que a sua paixão será suficiente para neutralizar as suas diferenças, mas a união do casal é rapidamente testada. Primeiro, quando Nino confronta o que é ser uma mulher ocidentalizada numa sociedade tradicionalista, e depois quando todo o seu mundo muda com o advento da Primeira Guerra Mundial. Com o imparável movimento da História como pano de fundo, ALI E NINO é a arrebatadora história de um romance que atravessa barreiras políticas, geográficas e religiosas.


Çanakkale 1915

Dirigido por  Yesim Sergin, com tÌtulo original “Çanakkale 1915", em 2012, contou no elenco com Yarbay Huseyin Avni, Binbasi Mahmut Sabri.


É um filme/documentário sobre a campanha de Gallipoli, durante a Grande Guerra.

Çanakkale Yolun Sonu

Dirigido por  Kemal Uzun e Serdar Akar, com tÌtulo original “Çanakkale Yolun Sonu", em 2013, contou no elenco com Gurkan Uygun e Berrak Tuzun


É um filme sobre a campanha de Gallipoli, durante a Grande Guerra. Tem por referência Abril de 1915 e a resistência turca ao ataque aliado.

120

Dirigido por  Ozhan Eren e Murat Saraçoglu, com tÌtulo original “120", em 2008, contou no elenco com Ozge Ozberk, Cansel Elcin e Burak Sergen.


É a história  da Batalha de SariKamis, entre o Exército Turco e o Exército Russo e a fuga após ter acabado as munições e os abastecimento. Retrata também a questão dos Arménios na Turquia durante a Grande Guerra.